top of page
Smoke roxo

Como um cão raivoso, ADPF morde e fica com terceiro lugar

Atualizado: 25 de jun.

Disputa de bola na partida pela disputa de terceiro lugar
ADPF aproveita falhas do adversário na disputa por pênaltis e tomam cerveja "da casa"

A grande final chegou e nada melhor que uma grande disputa de terceiro lugar como pré jogo da final. Adeboleiros e ADPF se enfrentaram buscando o troféu consolação dos campeonatos, aquele troféu que pelo menos você ganhou o último jogo, né, dos eliminados na semi, foi o melhor.


Para chegar ao pódio, Adeboleiros contavam com o vice artilheiro e o terceiro lugar para estufarem a rede e garantirem o troféu. O time, junto ao Estrelados, iniciou a última rodada com a defesa menos vazada sofrendo apenas nove gols em toda a competição e três foram na semi!


Na ADPF, o time quaaaase classificou para final, mas, nos minutos finais, falharam e deram a classificação ao adversário. Um revés que podia ser menos pior se conquistado o terceiro lugar e serem consolados pela eliminação.


As duas equipes tinham grandes times e podiam ter chegado à final, porém tiveram duas melhores e as duas se enfrentaram na disputa do terceiro lugar mesmo.


BORA pro jogo:


PRIMEIRO TEMPO:


O jogo começou lento por apenas alguns minutos apenas, ADPF deu espaço pro adversário sair jogando e aproveitar o contra-ataque para chegar com mais perigo.


Não demorou pra sair o primeiro gol! GOOOOOOOL DA ADPF! Bruno foi chutar pro gol e descolocou um toque para Magro na esquerda, ele ajeitou pro meio e fuzilou o gol de Julião, estufando a rede! Chute forte e certeiro! ADPF 1 x 0 Adeboleiros.



ADPF não chegava com perigo, mas quando chegou, aproveitou! Já o Adeboleiros tinha posse, mas não finalizava pro gol, parecia que queriam entrar dentro do gol. Faltava chutar e testar o goleiro. Pra piorar, o adversário, depois de abrir o placar, fechou a casinha atrás da linha da bola, deixando apenas o defensor sem marcação.


Mérito do goleiro ou demérito dos atacantes? Em sequência de chutes do Adeboleiros, a bola teimosa não entrou! Elegância pegou, defesa tirou, chute errado, mas não entrou de jeito nenhum! ADPF contava com a sorte também para manter o placar a frente.



Essas bolas que não entravam, davam aquele gás que as vezes estava diminuindo, sentindo a chance de gol. Adeboleiros marcava melhor e pressionava o erro do adversário, deixando a ADPF cada vez mais pressionada dentro da sua área. Com um time mais rápido, Adeboleiros aproveitava a qualidade de Gilberto e a velocidade de Ismael pelos lados para chegar com perigo.


LOOOOOOOOOOOOOOG! Fred fez o gol, mas foi contra sua equipe! Culpa dele? Talvez não, maas fez e o empate tanto lutado pelo Adeboleiros chegou com ajuda do adversário! ADPF 1 x 1 Adeboleiros.



Após o gol, ADPF voltou a jogar e tentar o segundo gol, Adeboleiros errava um pouco mais que a ADPF e deixavam Julião em apuros tendo que tirar bola com pé, com a mão e com a vista.


Time do Adeboleiros saiu de campo discutindo entre eles devido aos erros bestas cometidos. O time tanto tentou chegar ao empate, mas parecia que queriam entregar. Como o Fluminense no Brasileirão, o time errava jogadas perigosas e a ADPF falhou para passar à frente novamente.


SEGUNDO TEMPO:


O segundo tempo voltou com um Adeboleiros sonolento. O time continuava com dificuldades para chegar ao gol. Saulo não estava brilhante como antes e a bola chegava nele sem o melzinho pro gol. Horácio era o mais empolgado junto com Crossfit. Os erros faziam os dois gritarem muito e pedirem atenção aos companheiros.


Quaaase Bruno Dona! O meia entrou correndo pela esquerda, recebeu, mas não ajeitou o pé corretamente e acabou mandando pelo lado, era uma boa chance que foi criada em mais um contra-ataque!


Mais uma vez, na frente! GOOOOOOOL DO ADPF! Fred, depois de fazer um contra, decidiu fazer a favor do seu time! Ele sabia fazer gol apenas de um lado do campo, como seu time agora atacava pro lado do primeiro gol feito, ele acertou agora! Rafael deu bom passe para Magro disputar com Julião e no rebote, Fred fez! APDF 2 x 1 Adeboleiros.



O jogo seguia para uma vitória da ADPF, depois do jogo dar uma esfriada e os times diminuírem o ritmo, Elegância decidiu pôr uma emoção. Ele jogou a bola no chão para sair jogando, Saulo correu para pegar, ele foi e pegou com a mão novamente! Tiro livre indireto cobrado com perigo por Saulo para pôr o time no jogo novamente!



No coração! GOOOOOOOL DO ADEBOLEIROS! O pequeno Ismael, mais uma vez, sendo decisivo! Bola na área e como Cano contra o Inter, girou na defesa e fez o gol de empate!



O juiz quaaaase acabou o jogo antes do tempo, ele apitou o final, mas a organização informou que ele tinha contado errado e ainda faltavam alguns minutos para final. E o jogou voltou a rolar. Quem era a organização? Adeboleiros. Juiz marcou pênalti para: ADPF! Julião saiu como um caminhão sem freio e atropelou Alessandro, PÊNALTI! Na cobrança, Marcantonio ficou com pena do Adeboleiros e errou propositadamente para ir a disputa de pênaltis. E tem VAR para ver se o juiz acertou a marcação!




Com o empate, disputa por penalidades. E, depois de muuuuitos erros de cobrança, Alessandro decidiu para vitória da ADPF!



FIM DE JOGO:


Adeboleiros mostrou ser um time com bastante dificuldades no mata mata. Se fosse nos pontos corridos, tinham comemorado o título. A ADPF, depois de quaaase ganharem no tempo normal, conseguiram a vitória nos pênaltis. No final Saulo, vice artilheiro, falou com a gente sobre a participação e a dificuldade no mata mata.



Aproveitamos também para falar com Alessandro, decisivo, sofrendo o pênalti da quase vitória no tempo regulamentar e cobrando o pênalti final!



E no final falamos com o lesionado e craque do jogo com dois gols na partida, Fred! O craque fez um gol a favor, outro contra e correu bastante durante o jogo até Chamon chamar o Samu pro adversário.


craque do jogo


Árbitro: Marco Antônio, nota 6

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page